quarta-feira, 26 de maio de 2010

A NUVEM, O TROVÃO E O RAIO


“Filho meu, quando falo contigo falo pelo verbo que sou, falo como Pai e como Espírito. A Trindade que sou fala em qualquer das Santas Pessoas, uma vez que sou Uno e Trino. Não temas! Assim é que quando falo, de repente para ti, escutas ora como uma ou outra Pessoa, ora como as Três Pessoas! Por isso é como se, para ti, nossos sussurros se fizessem uníssono.

A nuvem de águas cristalinas, o trovão que anuncia a bonança e o raio que precede o poder e a força dos elementos sempre estão juntos, para fazer chover sobre a Terra.

Meu bem, entra na minha alegria, pois manifestarei a ti grandes feitos! Eis que se vos será dado, pela Mulher Vestida de Sol, o Glorioso Salvador. Ouvi a voz daquela que vos chama ao retorno ao Deus de Amor, pois Ela tem a missão de anunciar para vós a boa nova da vossa esperança.

Filhinhos, sou o Vosso Deus, e vos amo imensamente, por mais que vós podeis me deixar sem a vossa companhia, ainda assim Eu vos ofereço a minha acolhida, se porventura sentirdes saudades de um Deus apaixonado por vós! Vinde a mim e Eu vos acolherei!”

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Seu comentário será publicado assim que for lido e aprovado pelo(s) moderador(es) deste Blog!